UEFA Champions League 2024/25: Com o novo formato, qual é o interesse no torneio na América Latina?
9 de julho de 2024, Alejandro R. Chavez

UEFA Champions League 2024/25: Com o novo formato, qual é o interesse no torneio na América Latina?

A primeira rodada de qualificação da UEFA Champions League, um dos eventos esportivos mais importantes no ecossistema do futebol internacional, começa neste dia 9 de julho. Embora a final esteja programada para ser disputada até 31 de maio de 2025, os maiores fãs do torneio já começaram a se sintonizar. E, de acordo com os dados da YouGov SportsIndex, todos os consumidores pesquisados na América Latina mostram níveis semelhantes de entusiasmo pelo evento.

De acordo com a plataforma, em 27 de junho (os últimos dados disponíveis), a UEFA Champions League tinha um índice de Satisfação de 19,4 pontos na Colômbia. Essa métrica reflete a probabilidade (ou não) de os consumidores passarem algum tempo acompanhando a competição. Embora esse número seja o mais alto registrado entre os países pesquisados na América Latina, a pontuação de 18,3 do Brasil está apenas um pouco atrás. A Argentina e o México vêm logo atrás, ambos com uma pontuação de 17,2 pontos.

Embora em todos os países da América Latina observados haja mais ou menos o mesmo interesse em sintonizar a UEFA Champions League, isso não mudou igualmente em todos os mercados. De fato, de acordo com a SportsIndex, de 27 de maio a 27 de junho, um aumento acentuado no índice de Satisfação só pode ser observado entre os consumidores do Brasil. No restante das regiões geográficas analisadas, especialmente no México e na Colômbia, uma possível tendência de queda pode até ser vislumbrada nesse período.

Esses dados são relevantes porque a edição de 2024/25 da UEFA Champions League será a primeira sob o novo formato projetado para aumentar o número de equipes concorrentes de 32 para 36. A mudança, em teoria, daria a mais clubes a oportunidade de jogar entre si. Também abriria mais oportunidades para os torcedores se conectarem com o evento. A preocupação, é claro, seria o fato de os consumidores rejeitarem as novas regras como uma ruptura com a tradição do campeonato.

De acordo com a SportsIndex, pelo menos na América Latina, não parece que a imagem da UEFA Champions League tenha piorado entre os consumidores. No México, Brasil e Argentina, o índice de Impressão da liga (que reflete se as pessoas têm uma imagem positiva ou negativa do evento) permaneceu praticamente inalterado entre 2023 e 2024. Mais importante ainda, na Colômbia, pode-se observar um aumento em sua classificação significativo o suficiente para representar uma tendência positiva.

Além disso, no período de 2023 a 2024, o índice de Qualidade da UEFA Champions League apresentou um aumento em todos os países, especialmente na Colômbia. Na métrica de Reputação, apenas a Argentina registrou uma ligeira queda na pontuação da liga durante o período. Essas classificações refletem, respectivamente, se os consumidores consideram que o evento é apresentado em um alto padrão ou não e se eles acreditam que a competição é prestigiada ou não. Isso sugere que a imagem da UEFA Champions League na região provavelmente não foi afetada negativamente pela mudança de regras.

Perfil do torcedor da UEFA Champions League na América Latina

De acordo com a YouGov Global Profiles, em 15 de maio, 59,3% dos consumidores pesquisados na região disseram que tinham algum interesse na UEFA Champions League, ou que ela era um de seus principais interesses. Notavelmente, no México e na Argentina, a porcentagem é estatisticamente maior, com 64,1% e 67,6%, respectivamente. Mas mesmo no Brasil e na Colômbia, onde há menos fãs do torneio, mais da metade da população pesquisada pela plataforma afirma ter esse nível de interesse na liga.

Os dados demográficos desses torcedores também são interessantes. De modo geral, há muito mais homens do que mulheres entre os torcedores da UEFA Champions League (66,9% contra 33,1% de todos os torcedores latino-americanos, respectivamente). Mas no Brasil, estatisticamente, mais mulheres acompanham a liga do que em outros países da região (34,6% dos torcedores brasileiros são mulheres). Na comparação por idade, a Argentina e a Colômbia têm maior probabilidade de ter mais adultos com mais de 55 anos entre seus torcedores da UEFA, em comparação com o total da região.

A Global Profiles também revela que os torcedores latinos têm muito mais probabilidade de perceber os patrocínios do que os torcedores de outras partes do mundo. Apenas 29,5% de todos os torcedores da UEFA Champions League pesquisados pela ferramenta em 48 mercados globais afirmam ter notado o patrocinador de um jogo esportivo recentemente. Mas, entre os torcedores da liga na América Latina, esse número é de 43,9%. Esses latinos também são substancialmente e estatisticamente mais propensos a notar patrocinadores de equipes (26,1% vs. 16,4%) e locais como arenas ou estádios (19,3% vs. 11,5%).

Explore nossos dados vivos – e gratuitamente.

Para receber mais informações e análises de lazer e entretenimento todos os meses, registre-se aqui.

Para ler os últimos artigos da YouGov para o setor de lazer e entretenimento, explore o website aqui.

Tome decisões de negócios mais inteligentes com melhores sistemas de análise de mercado. Descubra exatamente o que seu público está pensando com a ajuda de nosso painel de mais de 26 milhões de membros. Contate-nos.

Foto por Justin Setterfield / Getty Images

Metodologia

YouGov SportsIndex coleta dados sobre milhares de marcas, equipes e eventos esportivos todos os dias. Os dados apresentados mostram a pontuação no indicador de Satisfação, medida a partir da pergunta "Quais dos seguintes eventos esportivos/ligas você está MAIS/MENOS disposto a disponibilizar tempo para acompanhar ou apoiar enquanto eles ocorrem?" e é mostrado como uma porcentagem/uma pontuação líquida entre -100 e +100. A pontuação de Impressão é medida a partir da pergunta " Em geral, de quais dos seguintes eventos esportivos/ligas você tem uma impressão POSITIVA/NEGATIVA?" e é mostrada como uma pontuação líquida entre -100 e +100. A pontuação de Qualidade é medida a partir da pergunta " Quais dos seguintes eventos esportivos/ligas você acha que são apresentados com um padrão ELEVADO/BAIXO?" e é mostrada como uma pontuação líquida entre -100 e +100. A pontuação de Reputação é medida a partir da pergunta " ¿Quais dos seguintes eventos esportivos/ligas você considera BEM/POUCO prestigiados?" e é mostrada como uma pontuação líquida entre -100 e +100. A informação vem de pesquisas realizadas entre 27 de junho de 2023 e 27 de junho de 2024 com 278 adultos no Argentina, Brasil, Colômbia e México com idade igual ou superior a 18 anos. Os números são baseados em uma média móvel de quatro semanas. Saiba mais sobre SportsIndex.

YouGov Global Profiles é um banco de dados consistente globalmente com mais de 1.000 perguntas em 48 mercados. As informações são baseadas na coleta contínua de dados entre adultos maiores de 16 anos na China e maiores de 18 anos em outros mercados. Os tamanhos de amostra para YouGov Global Profiles flutuam ao longo do tempo, mas o tamanho mínimo de cada amostra é sempre de cerca de 1.000. Os dados para cada mercado usam amostras nacionalmente representativas fora da Índia e dos Emirados Árabes Unidos, que usam amostras representativas da população urbana, e China, Egito, Hong Kong, Indonésia, Malásia, Marrocos, Filipinas, África do Sul, Taiwan, Tailândia, e Vietnã, que usam amostras representativas da população online. Saiba mais sobre Global Profiles.